Vítima de abuso sexual pede ação rigorosa do Papa Francisco

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 15/03/2013 - 15h03

 

Nos Estados Unidos, Michael Duran, uma das vítimas de um padre pedófilo da diocese de Los Angeles, apelou ao Papa Francisco.

 

Em entrevista coletiva, Duran recordou que o antigo cardeal de Los Angeles tinha conhecimento do seu caso, mas não lhe prestou o apoio necessário na década de 1980. O então cardeal Manhoy foi acusado por quatro vítimas de ter protegido o padre pedófilo.

 

Um acordo extrajudicial acertou que a vítima receberia indenização de US$ 1 milhão e o padre seria preso e afastado do sacerdócio.

 

Nesta quinta-feira (14/03), Duran desafiou o papa Francisco e os responsáveis eclesiásticos: "Espero que o novo Papa e o arcebispo Gomez, de Los Angeles, não se limitem a repreender publicamente os responsáveis por mim e pelas outras vítimas, mas tomem medidas concretas na proteção dos jovens de todo o mundo".

 

Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: pedofilia , pedófilo , padre , padres , abuso sexual , abuso , sexual , sexo , igreja católica , papa , papa Francisco , francisco , los angeles , igreja , eua , estados unidos , vítima , indenização , reuters ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos