“O ministério da Justiça não responde nossos questionamentos”, diz presidente de CPI

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Notícias | 16/10/2015 - 18h17

Deputado Hugo Motta critica a pasta por falta de informação sobre grampo encontrados na cela de Alberto Youssef, defende prorrogação do prazo da comissão e defende que trabalho realizado por deputados cumpre caráter técnico investigativo.

Palavras-chave: deputado , hugo motta , presidente , CPI ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos