Pastor norte-americano diz que 'mundo estaria livre da AIDS se executassem os gays'

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Notícias | 04/12/2014 - 14h07

Em um sermão capturado em vídeo e postado no YouTube, o pastor norte-americano Steven Anderson diz que o mundo estaria livre do HIV até o Natal se todos os gays fossem mortos.

Se um homem se deita com um homem, como ele deita com uma mulher, ambos cometeram uma abominação: eles devem ser levados à morte. Sangue deve ser colocado sobre eles", diz o pastor, citando o lívro Levítico, da Bíblia. "Esta, meus amigos, é a cura da AIDS."

Palavras-chave: homofobia , igay , religião , aids , hiv ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos