Após mortes, governo ampliará fiscalização na Amazônia

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Política | 31/05/2011 - 18h24

O governo vai ampliar o policiamento e a fiscalização nas regiões de conflito agrário na Amazônia. Mas admite que não é possível garantir a segurança de todas as pessoas que dizem sofrer ameaças.


A ministra Maria do Rosário, dos Direitos Humanos, recebeu da Pastoral da Terra - ligada à Igreja Católica - uma lista com 1.855 pessoas, que estariam marcadas para morrer, na região amazônica.


Maria do Rosário disse que o governo vai priorizar os casos mais graves, já que não há como garantir a segurança de todos.


Leia mais notícias sobre o Brasil e o mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: pastoral da terra , band , ministério dos direitos humanos , direitos humanos , mortes , maria do rosário , conflitos agrários , fiscalização , ministra , amazônia ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos