Câmara aprova novo Código Florestal

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Política | 24/05/2011 - 19h11

O Plenário aprovou, por 410 votos a 63 e 1 abstenção, o texto-base da última versão do deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP) para o projeto de lei do novo Código Florestal, apresentada no último dia 11/05. Apenas o PSOL e o PV recomendaram voto contrário.


O relatório de Rebelo mantém as exigências de Reserva Legal (porção de mata nativa que varia de 20% a 80% da propriedade) e também as faixas de matas que devem ser preservadas ao longo de cursos d'água - as Áreas de Preservação Permanente (APPs) em beiras de rios.


Isenta, no entanto, pequenas propriedades, de até 4 módulos fiscais (medida que varia de 20 a 400 hectares), a recuperar a Reserva Legal.


Os deputados ainda devem votar em separado uma emenda do PMDB acertada na semana passada entre líderes da base e da oposição, com exceção do PV, do PT e do PSOL.


A emenda contraria a posição defendida pelo Planalto em relação à atualização do código. Dentre outras medidas, retira do Executivo federal a exclusividade de regularizar ocupações em APPs em beiras de rios.


Leia mais em Último Segundo:


Câmara aprova novo Código Florestal

Palavras-chave: código florestal , texto , aprovação , câmara , Aldo Rebelo , ambientalistas , projeto , Câmara dos Deputados ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos