MP indicia Maluf e Tuma

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Política | 27/11/2009 - 12h54

O Ministério Público Federal em São Paulo ofereceu denúncia à Justiça Federal contra o ex-governador de São Paulo, atual deputado federal Paulo Maluf e o senador Romeu Tuma.

Os dois parlamentares, além de outras três pessoas, são acusados de ocultação de cadáveres, durante o período da ditadura militar.

O Ministério público pede à justiça que Maluf e Tuma percam suas funções públicas e o direito à aposentadoria.

Requerem também que sejam condenados a reparar danos morais coletivos, mediante indenização de, no mínimo, 10% do patrimônio pessoal de cada um.

Por se tratar de ações civis públicas, a iniciativa não ameaça os mandatos de Tuma e Maluf.

Nas ações entregues à Justiça, o MP afirma que desaparecidos políticos foram sepultados nos cemitérios de Perus e Vila Formosa, de forma clandestina, com a participação do IML e da Prefeitura de São Paulo. Romeu Tuma foi chefe do DEOPS, órgão estadual da repressão.

Leia mais notícias no Último Segundo.

ACOMPANHE AS NOVIDADES DA TViG PELO TWITTER: http://twitter.com/tvig

Palavras-chave: ocultação , cadáveres , aposentadoria , Romeu Tuma , ministério público , Ditadura Militar , Paulo Maluf ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos