Papo na redação: Pesquisa mostra empate de Marina e Aécio, mas potencial da ex-senadora ainda é incerto

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Política | 18/08/2014 - 14h51

A nova pesquisa Datafolha mostra a ex-senadora Marina Silva em condição de empate técnico com o candidato do PSDB à Presidência, alcançando uma marca da qual o ex-governador Eduardo Campos ainda custava muito a se aproximar.  Mas a avaliação de interlocutores da nova candidata ao Palácio do Planalto, assim como de campanhas adversárias, é de que é cedo para saber ao certo se esse quadro persistirá. 

A ex-verde se beneficia de uma ampla comoção nacional, provocada pela morte de Campos. Mas terá que encontrar uma forma de manter-se em alta após se dissipar a repercussão provocada pela tragédia.   

Tanto o time da presidente Dilma Rousseff quanto o do senador mineiro Aécio Neves buscam agora uma receita para desidratar o desempenho de Marina. Um dos principais desafios, afirmam interlocutores dos dois presidenciáveis, é encontrar o tom certo do discurso.   A diretora da sucursal de Brasília, Clarissa Oliveira, e a repórter Luciana Lima comentam os dados da nova pesquisa.

Palavras-chave: eleições 2014 , marina silva , datafolha , papo na redação ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos