Terrorismo: deputado retira agravante para crime contra presidente da República

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Política | 27/11/2013 - 11h51

O deputado Miro Teixeira (PROS-RJ) se posicionou de forma contrária ao argumento de que crimes cometidos contra o presidente da República e autoridades seja considerado agravante nos casos de terrorismo.Congressistas discutiram a lei de terrorismo na comissão mista que trata da consolidação da legislação federal e da regulamentação da Constituição

.“As vítimas (de terrorismo) têm de ser defendidas pelo estado, não importa se o presidente da República ou não”, disse Miro. “Não pode haver diferença da vida do presidente da Câmara, do presidente do Senado ou do presidente da República e do cidadão”, acrescentou ele.

Palavras-chave: crime , política , agravante , presidente da república , deputado , miro teixeira ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos