Vereador diz que ´respeita` homofobia e é suspenso pelo partido

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Política | 08/02/2012 - 16h19

Jadson do Bonsucesso Rodrigues, um vereador de Caetê (MG) mais conhecido como Pardal (PDT), foi suspenso pelo seu partido por dizer em discurso que pessoas que querem fazer a Parada Gay na cidade precisam de tratamento.


A declaração ocorreu em junho de 2010 e despertou a revolta de movimentos sociais, que postaram o áudio no YouTube.


"Com todo respeito à homofobia, não estou aqui para fazer críticas. Nós estamos aqui com várias pessoas querendo fazer parada gay, mas você tá vendo que o cara tá precisando de tratamento, pô", disparou o vereador em reunião na Câmara de Vereadores de Caeté.


Ouça a declaração do vereador no vídeo.


Leia mais em Último Segundo:


Vereador contrário à Parada Gay é suspenso de partido em Minas


Minas tenta entrar no roteiro de turismo gay com pacote família

Veja também na TViG:


Sertanejos acusados de homofobia e machismo


´Se teu negócio é amor homossexual, assuma`, diz Bolsonaro em nova grosseria contra Dilma


OAB quer cassação de Jair Bolsonaro


Homofobia pode ter motivado crime da Oscar Freire em SP


Amigos gays são agredidos na Avenida Paulista


Vídeo mostra discussão entre homofóbicos e pai e filho agredidos no interior de SP

Palavras-chave: gays , homofóbico , tratamento , partido , Jadson do Bonsucesso Rodrigues , GLBTs , gays , Minas Gerais , lésbicas , gay , GTBT , Caetê , suspensão , LGBTT , vereador , PDT , Pardal , parada , Parada Gay , LGBTs , homofobia , LGBT , MG , transgêneros , transexuais ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos