Wellington Dias prevê 'forte batalha no plenário' para aprovar fim do voto secreto

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Política | 25/10/2013 - 12h06

Apesar de aprovado na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, o projeto que acaba com o voto secreto no Congresso Nacional deverá ainda ser alvo de disputa árdua quando for apreciado no plenário. A opinião é do líder do PT no Senado, Wellington Dias (PI), que afirmou respeitar o argumento daqueles que se opõem à aprovação do voto aberto irrestrito.

O tucano Aloysio Nunes (SP), por exemplo, defende que o voto seja aberto para decisões relacionadas a cassação de mandato, mas que o mesmo não se aplique para análise de vetos presidenciais. “Alguém que vota em mim lá no meu estado, deseja saber como estou me posicionando em cada votação”, disse Dias.

Palavras-chave: wellington dias , plenário , voto , voto secreto , comissão , constituição , justiça , senado , líder , pt , votação , aprovação , política ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos