Australiana volta à vida depois de passar 42 minutos clinicamente morta

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Saúde | 20/08/2013 - 11h05

A australiana Vanessa Tanasio, 41 anos, que tem dois filhos, foi levada para o Centro Médico Monash de Melbourne na semana passada, depois de sofrer um ataque cardíaco e com uma das artérias completamente bloqueadas. 

Os médicos consideravam a mulher "clinicamente morta", termo que se aplica a uma pessoa que deixou de respirar e na qual o sangue parou de circular. Mesmo assim, os cirurgiões não desistiram e graças a um aparelho chamado de Lucas 2, conseguiram ressuscitá-la após quarenta e dois minutos. O equipamento mantém o fluxo de sangue até o cérebro, tempo suficiente para o médico desbloquear a artéria e o coração voltar a bater no ritmo normal

Crédito: SBT Brasil

Leia mais em Último Segundo.

Palavras-chave: sbt , australiana , coração , ataque cardíaco , vida , clinicamente morta , morta , morte , equipamento , fluxo de sangue , sangue , saúde ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos