Diagnóstico precoce cura 90% do câncer

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Saúde | 01/04/2011 - 20h21

O diagnóstico feito o quanto antes é fundamental no tratamento de qualquer doença. No caso do câncer, a chance de cura aumenta 90% quando o tumor é descoberto logo no início. A tecnologia é uma grande aliada dos médicos.


O tumor pode desaparecer quando é descoberto e combatido ainda no estágio inicial. O primeiro passo da caminhada que leva ao diagnostico precoce é uma boa conversa com o médico.


Até a década de 90, 20% dos casos de câncer de mama eram identificados no início. Só um em cada três pacientes estavam vivos depois de cinco anos. Agora, com novos exames e equipamentos, o cenário mudou. São 80% dos casos registrados ainda no começo e o índice de sobrevivência é de quatro em cada cinco pacientes.


A tecnologia é fundamental para o diagnóstico precoce. O mais moderno método de rastreamento de câncer ainda é privilégio de poucos hospitais no Brasil. Num dos andares do Instituto do Câncer, em São Paulo, a união entre imagem e medicina nuclear vai ajudar no diagnóstico de sete mil pacientes por ano.


Um líquido com material radioativo é injetado no paciente e absorvido pelo tumor. Dentro das células, ele emite radiação, identificada pelo equipamento. As imagens mostram as regiões afetadas pelo câncer.


Leia mais notícias sobre o Brasil e o mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: equipamentos , tratamento , instituto câncer , sobrevivência , são paulo , diagnóstico precoce , câncer de mama , rastreamento câncer , radiação , tumores , exames , câncer , saúde , rastreamento , band , diagnóstico , tumor , tecnologia ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos