Doença misteriosa já matou 200 crianças em Uganda

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Saúde | 07/03/2012 - 16h07

Autoridades de saúde dos Estados Unidos trabalham com médicos de Uganda para tentar descobrir a causa de uma síndrome que já matou 200 crianças, desde 2010.


No total, três mil crianças da região norte do país foram contaminadas. Na vila de Tumangu, 400 quilômetros ao norte de Kampala, em todas as famílias há um doente.


Os sintomas iniciais são desorientação e redução da coordenação motora. As vítimas deixam de andar, o crescimento das extremidades torna-se anormal. Ao longo da enfermidade as crianças param de se alimentar, são acometidas de convulsões, e debilitadas, morrem.


Há quase dois anos epidemiologistas, neurologistas, psiquiatras e especialistas em meio ambiente trabalham juntos em busca de um diagnóstico. Mas, até agora, não há pistas sobre as causas da doença.

Palavras-chave: saúde , médico , morte , convulsões , síndrome , médicos , autoridades , africano , sintomas , incurável , doente , crianças , mistério , Uganda , criança , doença , misteriosa , distúrbio , vítimas , neurologistas , África , epidemiologistas , vítima , doença , psiquiatras , família , Reuters , neurológico , coordenação motora ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos