Norovírus é a causa de diarréia no Guarujá

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Saúde | 24/01/2010 - 13h21

O Instituto Adolfo Lutz confirmou neste sábado (23) que encontrou norovírus em casos de diarreia no Guarujá, a 86 quilômetros da capital paulista. De seis amostras analisadas, quatro continham o vírus. O último levantamento da Prefeitura do Guarujá, de 12 de janeiro, mostrava que 1.774 pessoas tinham sido atendidas em hospitais e postos de saúde municipais com sintomas como diarreia e vômito.

Nas outras duas amostras, o instituto não localizou agentes causadores dos sintomas. O norovírus pode provocar diarreia, vômito, febre, perda de apetite e dores abdominais, de acordo com infectologista Adílson Cavalcante, da Faculdade de Medicina do ABC. “Uma vez que a pessoa entra em contato com esse vírus, em 24 a 72 horas vai desenvolver os sintomas. Eles duram até cinco dias”, explicou.

O norovírus é encontrado, principalmente, em água e alimentos manipulados, como sanduíches. Pode estar também em garfos, facas e copos – objetos que também têm contato com as mãos. Por causa disso, o médico indica que as pessoas evitem ingerir alimentos de origem desconhecida. É importante lavar bem as mãos e os alimentos crus, com uso de água corrente.

ACOMPANHE AS NOVIDADES DA TViG PELO TWITTER: http://twitter.com/tvig

Palavras-chave: guarujá , Instituto Adolfo Lutz , medicina , pronto-socorro , médicos , surto , norovírus , diarréia , casos ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos