Restos mortais de poeta Pablo Neruda são exumados no Chile

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Cultura | 08/04/2013 - 18h08

Especialistas exumaram, nesta segunda-feira, os restos mortais do poeta chileno Pablo Neruda. O objetivo é esclarecer se ele morreu de câncer ou se foi envenenado durante a ditadura de Augusto Pinochet. O poeta morreu em 23 de setembro de 1973, 12 dias após o golpe de estado do ditador.

 

Crédito: SBT Brasil

 

Leia mais no iG Cultura:

 

Restos mortais de Neruda são exumados para investigação sobre causa da morte

Palavras-chave: restos , morte , poeta , chileno , Pablo Neruda , SBT , SBT Brasil , câncer , doença , causas , exumação , restos mortais , golpe de estado , investigação , ditadura , Augusto Pinochet ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos