Tribunal francês decide que leilão de máscaras sagradas deve ir adiante

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Cultura | 15/04/2013 - 13h51

Um tribunal de Paris decidiu nesta sexta-feira (12/04) que um leilão de máscaras antigas reverenciadas como sagradas por uma tribo nativa norte-americana deve seguir adiante, apesar dos crescentes protestos para interromper a venda, incluindo um pedido do embaixador dos EUA na França.


A tribo Hopi do nordeste do Arizona e apoiadores, como o ator Robert Redford, incitaram a casa de leilões de Paris a suspender a venda devido à importância cultural e religiosa das máscaras.

 

Mas o tribunal rejeitou a moção da tribo e da "Survival International", um grupo não-governamental que representa os seus interesses, argumentando que só poderia intervir para proteger restos humanos ou seres vivos.

 

Os leiloeiros Neret-Minet, Tessier e Sarrou pretendem levar adiante nesta sexta-feira um leilão de dezenas de máscaras, a preços que variam entre US$ 2 mil e US$ 32 mil cada (o equivalente a R$ 4 mil a 64 mil). Um porta-voz dos leiloeiros não estava imediatamente disponível para comentar o assunto.

 

Leia mais em Último Segundo:

 

Tribunal francês decide que leilão de máscaras sagradas deve ir adiante

 

 

Palavras-chave: máscaras , máscara , sagrada , tribunal , francês , tribo , tribos , índios , artefatos , indígenas , norte-americana , hopi , robert redford , leilão , francês , sagradas , máscara sagrada , máscaras sagradas , reuters ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos