Flor-cadáver atrai visitantes a jardim botânico de Berlim

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Variedades | 17/05/2011 - 10h33

Um exemplar de Amorphophallus titanum, também conhecida como "flor-cadáver" pelo forte cheiro que a caracteriza, pôde ser vista nesta segunda-feira (16/05) pela última vez no Jardim Botânico de Berlim antes de murchar.


A planta, originária das florestas tropicais de Sumatra (Indonésia) e descoberta em 1878, é difícil de ser vista e seu desabrochar dura apenas três dias.


Forma um tubérculo subterrâneo que pode chegar a pesar 100 quilos e alcançar até três metros de altura, a "flor-cadáver" do Jardim Botânico de Berlim floresceu no último sábado (14/05), uma semana depois do previsto pelos especialistas, e alcançou 1,99 metros de altura e 1,26 metros de diâmetro.

Palavras-chave: flor-cadáver , jardim botânico , tubérculo , Berlim , florescimento , flor , planta ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos