Dezenas de alunos são queimados vivos na Nigéria

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo Animal | 26/02/2014 - 12h18

Militantes islâmicos são suspeitos de ter matado dezenas de estudantes em um ataque na madrugada desta terça-feira (25/02) em um internato no nordeste da Nigéria, disseram sobreviventes, incendiando um dormitório fechado e disparando e cortando as gargantas do que escapavam pelas janelas. Algumas das vítimas foram queimadas vivas.

Adamu Garba disse que ele e outros professores que fugiram através do mato estimam que 58 estudantes tenham morrido no ataque iniciado às duas horas locais no Colégio Governamental Federal em Buni Yadi. O colégio é uma instituição mista localizada a cerca de 70 km ao sul de Damaturu, capital do Estado de Yobe, e com a qual é difícil de se comunicar porque no ano passado os extremistas destruíram a torre de celular local.

Garba, que ensina em uma escola secundária anexa ao colégio, disse que os agressores puseram fogo no quarteirão administrativo da instituição, então se moveram para os dormitórios, onde trancaram os estudantes e começaram um ataque com bombas incendiárias.

Leia mais em Último Segundo:

Extremistas atacam escola de madrugada e matam dezenas na Nigéria

Palavras-chave: ataque , escola , extremistas , nigéria , alunos , estudantes , morte , vítimas , dormitórios , ação , militantes , gargantas , faca , incêndio , islâmicos , zoomin ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos