Tourada popular deixa dois mortos e 15 feridos na Colômbia

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo Animal | 26/03/2013 - 14h04

Ao menos duas pessoas morreram e outras 15 ficaram feridas durante a tradicional tourada de Arjona, na Colômbia, neste domingo (24/03).

Nas chamadas “corralejas”, dezenas de pessoas invadem a arena e desafiam os animais como se fossem toureiros de verdade. Muitos, no entanto, acabam se dando mal, levam chifradas e precisam sair da arena carregados.

As “corralejas” são festas populares na costa caribenha da Colômbia, no norte do país, perto da cidade de Cartagena de Índias.

A regra do festival é que o touro seja desafiado pelo público geral. O animal, segundo os organizadores, não são mortos, como ocorre nas touradas tradicionais.

Além do público desafiante, outra figura tradicional da “corraleja” são os chamados “garrocheros”, que montam em cavalos e tentar laçar o animal.

A origem das “corralejas” é incerta mas, segundo historiadores, teria se iniciado após a independência da Colômbia, com o surgimento de várias fazendas de gado no norte do país. Grupos de defesa dos animais, no entanto, defendem o fim das “corralejas”, das touradas tradicionais e das rinhas de galo.

 

Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: touro , toureiro , touros , animais , animal , bicho , bichos , mundo animal , feridos , mortos , morte , vítima , vítimas , colômbia , colombianos , colombiano , colombiana , colombianas , corralejas , arjona , feridos , ferimentos , chifre , reuters ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos