Rapper de nove anos causa polêmica ao estrelar vídeo ao lado de mulheres sensuais

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Vídeos da internet | 27/02/2013 - 16h58

Um rapper de apenas nove anos de idade está causando polêmica nos EUA após estrelar alguns vídeos, que segundo investigadores, seriam "sexualmente sugestivos". A polícia de Brockton, no estado de Massachusetts, pediu que os funcionários que cuidam do bem-estar da criança procurassem por possíveis abusos depois de assistirem as imagens do menino, que se apresenta com o nome de Lil Poopy. O advogado da família  criticou a decisão da Justiça de investigar se o garoto é vítima de uma possível exploração infantil ou negligência.

 

A polícia declarou que não foram apresentadas quaisquer acusações criminais. A investigação deve conversar com todos que vivem na residência de Lil Poopy e outras pessoas que têm contato com o menino, como os funcionários da escola. Os clipes mostram o garoto dando tapas nas nádegas de uma mulher, praticando danças sexualmente sugestivas e glorificando o uso de drogas e o materialismo. O pai do menino, Luis Rivera, afirmou que seu filho está apenas interpretando um personagem. 

A música foi baixada quase 9 mil vezes e o clipe do garoto teve quase 195 mil visualizações até a tarde de segunda-feira (25/02).

Palavras-chave: rapper , cantor , polêmica , menino , criança , exploração sexual , exploração infantil , EUA , vídeo , imagens , negligência , investigação , garoto , Massachussets , decisão , justiça ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos