Em MG, deputado aborda suposto policial envolvido em suposto caso de intimidação de sindicalistas

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 07/09/2011 - 12h23

Durante as comemorações da Independência do Brasil, o vice-governador de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho (PP), afirmou que será apurado o suposto caso de intimidação por policiais aos sindicalistas da área de Educação, em greve há mais de 90 dias. “É um fato isolado, está sendo apurado, e não compete a nenhuma autoridade constituída emitir considerações e fazer conjecturas até a conclusão das apurações”. O caso foi denunciado pelo deputado estadual Rogério Correia (PT) e a presidente do sindicato dos professores, Beatriz Cerqueira.


Acompanhado de uma equipe de televisão, o deputado petista esteve nesta terça-feira (06) nas proximidades do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (SindUte), na região leste de Belo Horizonte. Lá, flagrou um homem que seria um policial à paisana, em vigília permanente no local de acordo com os sindicalistas. Correia tentou abordar o suposto policial, que tentou ir embora de carro, foi impedido, e deixou o local a pé.


Leia mais no Último Segundo.

Palavras-chave: minas gerais , policial , flagrante , intimidação , educação , mg , deputado , pt , sindicalistas , flagra , rogério correia ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos